As mais variadas hospedagens francesas

Na França você não dorme na rua, pois existem lugares desde simples aos mais luxuosos. A hospedagem na França e principalmente em Paris tem para todos os gostos. Na verdade quando resolvemos fazer nossa primeira viagem internacional pensamos no custo benefício, pois não queríamos ficar em um local que fosse caro, mas também não queríamos que fosse desconfortável e longe dos cartões postais.

Escolhemos um hotel 3 estrelas que nos surpreendeu. Haviam 2 quartos, um sanitário e cozinha conjugada com a sala. Tudo bem arrumado e espaçoso. Os locais para guarda dos pertences eram bem organizados e divididos, e a porta de entrada possuía identificação biométrica. Para um hotel que estava na faixa de regular para bom, até que foi uma boa escolha.

O serviço de quarto também era bem eficiente. Toda vez que solicitávamos algum item era entregue em pouco tempo e ainda podíamos notar a presteza dos funcionários na hora da entrega dos itens solicitados. O café da manhã foi maravilhoso, sempre com muitas variedades de frutas, pães, guloseimas e opções de salgados e doces.

Em um dos dias que saímos para passear fomos observando todos os lugares onde era possível se hospedar e acabamos até entrando em alguns para pegar informações. Posso dizer que a recepção nos mais luxuosos é bem fechada principalmente quando eles percebem que você já está hospedado em algum lugar. Porém quando vai reduzindo as “estrelas” a simpatia vai melhorando e só a partir daí começamos a saber maiores detalhes sobre as hospedagens.

Confesso que ficamos tentados em mudar de local, pois alguns dos quais vimos tinham muito mais atrativos e vantagens por um preço menor do que estávamos pagando, mas como éramos marinheiros de primeira viagem decidimos continuar no mesmo lugar e deixar para uma próxima. Após um dia maravilhoso e cansativo, ficamos nos nossos aposentos a noite. Depois de um banho quente e do jantar, meu filho foi o primeiro a dormir. Eu e minha esposa então resolvemos aproveitar a noite para “namorar”.

Ao iniciarmos as preliminares algo bem estranho aconteceu. Quando estava naquele momento quente, simplesmente não consegui me segurar e acabei ejaculando sem nem ter penetrado em minha esposa. Fiquei constrangido com a situação até porque foi uma quebra de clima repentina. Mas como sou brasileiro e não desisto nunca, poucos minutos depois parti para a segunda tentativa, só que a falha novamente aconteceu. A partir daí já fiquei sem graça e sem chão com minha esposa mesmo vendo o total apoio que ela estava me prestando.

Aproveitamos a viagem até o fim e voltamos para o Brasil. A primeira coisa que fiz logo depois que nos acomodamos em casa foi ir ao computador e pesquisar o que tinha acontecido comigo. Pude notar através de inúmeros sites e blogs que a ejaculação precoce é um problema comum no mundo todo, mas que tem tratamento. Procurei por várias opções, mas o que estava sendo mais elogiado era um curso chamado ejaculando com controle do Davi Ribeiro.

Devorei todo o conteúdo do curso e rapidamente coloquei em prática os seus ensinamentos até porque não queria decepcionar mais a minha esposa. Em duas semanas já estava me sentido um novo homem, com mais confiança e mais saudável. Diante desta melhora, preparei uma noite especial com jantar e depois disso fomos para o motel. Iniciamos as preliminares e estava tranquilo. Passei quase 10 minutos bombando nas preliminares e deixando minha esposa louca de tesão. Quando parti para a penetração continuei uma máquina de sexo e acabei descobrindo uma coisa: como provocar orgasmos femininos. Minha esposa também ejaculou com muito prazer e me confessou que essa tinha sido a mais espetacular transa que ela já tinha feito comigo, apesar de nas outras não fui tão mal não é?!

Opa. Acho que fugi demais do assunto 🙂

Enfim, para não me alongar mais, só finalizo dizendo que a viagem foi realmente maravilhosa. Espero que continuem nos acompanhando para os próximos posts.

Fui!!!